Estilo de Vida


Isolamento social pode estar contribuindo para a saúde das unhas

Muitas mulheres deixaram de esmaltar as unhas durante o período e isso ajuda a “dar um respiro” para as unhas


Isolamento social pode estar contribuindo para a saúde das unhas

Com a chegada da pandemia de Covid-19, muitos hábitos precisaram ser revistos. Dentre eles, os relacionados à estética. Algumas mulheres decidiram assumir os cabelos brancos ou até raspá-los, e também deixaram de esmaltar as unhas, seja pelo fechamento dos salões de beleza ou por falta de vontade – ou habilidade – de fazer a manicure em casa. E isso pode ter gerado um impacto positivo na saúde das unhas durante o isolamento social, segundo especialistas. 

Deixar as unhas respirarem sem esmalte durante o isolamento social faz bem para a saúde das unhas 

Especialistas veem essa mudança de hábitos como positiva. Isso porque a grande maioria dos esmaltes disponíveis no mercado possuem solventes em sua formulação. Essas substâncias podem enfraquecer as unhas, pois levam à degradação parcial da queratina, prejudicando sua hidratação.  

O dermatologista Juliano Ribeiro de Carvalho, especializado em Dermatologia Avançada pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), recomenda: “Muitas mulheres têm cuidado das unhas em casa, mas esse processo também exige atenção. Aproveitar as semanas de quarentena para ficar sem esmalte é interessante para a saúde das unhas, começando pela hidratação. Com isso, conseguimos devolver os lipídios que as unhas precisam para que sua lâmina fique com o teor de hidratação correto, e assim permaneçam fortes”. 

👉 Check-up através das unhas

Saúde das unhas isolamento social

Crédito foto: © Linda Prebreza via Canva.com

Dicas para manter a saúde das unhas 

Não retire as cutículas

Elas servem como proteção para a matriz ungueal, agindo como barreira para evitar que traumas e infecções atinjam essa região. 

Caprichando na hidratação, reduz-se a necessidade retirá-las. Caso você decida esmaltá-las, prefira os removedores sem acetona. Esse produto contribui para o ressecamento das unhas, deixando-as fracas e quebradiças. 

Cuide da alimentação

Uma dieta rica e balanceada traz benefícios para saúde e para a estética. A ingestão adequada de vitaminas e minerais colabora para manter unhas fortes. 

Dia mundial da alimentação

Crédito foto: © marilyna via Canva.com

Vitaminas e minerais ajudam a unha a crescer mais forte e resistente”, diz o médico.

Verifique se você precisa de suplementação oral

Se suas unhas não crescem de maneira nenhuma e quebram a todo momento, procure um dermatologista, porque a suplementação pode ser necessária. 

Os suplementos contam com princípios ativos como aminoácidos essenciais, biotina, vitaminas e ferro

Aposte nos fortalecedores de unha

Invista em fortalecedores de uso tópico. Procure produtos com ativos como queratina, extrato de Panicum miliaceum e glicerina. 

Carvalho ressalta que produtos dermocosméticos contribuem para a hidratação correta da lâmina ungueal, fundamental para a saúde das unhas. “Eles criam um filme sobre as unhas, oferecendo proteção. Além disso, fortalecem a lâmina devido à presença de aminoácidos e biotina”, afirma o especialista.

Mantenha as unhas curtas e limpas

“Unhas longas facilitam acúmulo de sujeira e dificultam sua higienização. Sem contar que as unhas muito compridas favorecem o mecanismo de alavanca, facilitando o seu descolamento e o desenvolvimento de micoses“, explica o dermatologista.

Nos pés, o corte deve ser reto para evitar unhas encravadas. Já nas mãos, o corte arredondado é melhor, para dificultar que os cantos enrosquem nos tecidos, o que pode provocar quebra e traumas nas unhas, ensina Carvalho. 

Higienize os materiais  

Por último, o dermatologista explica que é fundamental que os materiais pessoais utilizados para o cuidado das unhas sejam sempre bem higienizados.

Saúde das unhas isolamento social

Crédito foto: © Click_and_Photo via Canva.com

No caso de materiais utilizados em salões de beleza ou por profissionais, devem ser esterilizados.

Veja também
Uso excessivo do instagram na quarentena afeta autoestima e autopercepção dos adolescentes e jovens?
Você já sofreu com “dor nos cabelos”? Entenda o problema
Falta de exposição solar durante quarentena pode favorecer surgimento de doenças de pele




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias