Atividade Física


A má utilização de aplicativos fitness traz riscos

Treinos inadequados e generalizados podem prejudicar a saúde


A má utilização de aplicativos fitness traz riscos

A procura por aplicativos fitness tem aumentado desde o início da pandemia do novo Coronavírus. Muitas pessoas, se encontrando impossibilitadas de ir às academias e sentindo a necessidade de se exercitar em casa, viram nos apps boas alternativas para não perder o hábito em casa. Sua principal vantagem é oferecer treinos rápidos e fáceis e, muitas vezes, gratuitos. Porém, eles também podem oferecer perigos à saúde, pois não há orientação quanto à realização dos movimentos, o que pode causar lesões. 

Segundo dados da plataforma californiana MoEngage, o download desses apps subiu 46% a nível global, entre janeiro e junho de 2020. A pesquisa ainda relata que 61% dos pesquisados pretende cancelar a inscrição nas academias físicas. 

“Muitas vezes se tratam de exercícios complexos, que a pessoa não está preparada para realizar. Quando repetidos à exaustão e feitos sem qualidade, ficamos muito próximos da lesão“, alerta Marcio Atalla. 

Aplicativos fitness

Foto: © Jacob Lund via Canva.com

Aplicativos fitness são boa alternativa, mas o movimento precisa de orientação

O problema desses apps é que eles oferecem treinos intensos, usando movimentos multiarticulares e grandes músculos. Mas eles não levam em conta as variáveis de um treino.  

Os exercícios também costumam ser generalizados, não considerando que muitos praticantes precisam de um treino personificado. Além disso, muitos não levam em conta o nível de condicionamento físico, o preparo e o estado de saúde dos usuários.

Prefira aqueles que tenham pedem informações sobre seu estado de saúde e condicionamento físico e contam com níveis, nos quais é possível escolher o treino que mais se adapta às suas habilidades. 

Para ter resultado, o exercício precisa ser bem feito

Para oferecer resultados satisfatórios, exercícios precisam ter qualidade. Só assim o praticante de atividade física conseguirá sustentar os benefícios que ela pode proporcionar. Saúde é coisa séria e não pode ser conseguida de forma indiscriminada.

Os apps podem se úteis e não precisam ser abolidos, desde que sejam devidamente acompanhados por um profissional de atividade física. O especialista ajudará a escolher o melhor aplicativo e orientar os exercícios, nem que seja em um primeiro momento. Com o tempo, o praticante irá se familiarizar com as posições corretas e aprender a respeitar os limites do seu corpo.

👉 Marcio Atalla ensina a programar o treino em casa

Veja também
Pilates ajuda a manter a saúde das articulações
Quarentena: exercício físico fortalece a imunidade; saiba o que pode ser feito em casa
Se realizada da forma correta, musculação é um dos melhores exercícios para a circulação




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias

Confira também nossos guias


Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone